Mais buscados no Google

Se tem duas lojas que eu tenho que fazer parada obrigatória quando estou nos EUA são a H&M e a Bath & Body Works, pois são marcas que eu gosto bastante e que infelizmente não tem aqui no Brasil. A Bath & Body Works é uma loja dedicada à aromaterapia, tem produtos de pele como hidratantes, e também uma linha completa de casa, que é incrível. Mas quem...
continue
Compartilhe
Tenho problemas com o sono desde sempre, não consigo recordar das minhas primeiras crises de insônia. Não adianta, por mais cansado que eu esteja, deito e a cabeça não para de funcionar, e isso dificulta muito que eu pegue no sono. Tenho uma inveja enorme de pessoas que encostam a cabeça em qualquer canto e dormem. Já tentei de tudo, banho relaxante, app de celular com musiquinhas,...
continue
Compartilhe
Desde novembro estava com a idéia de comprar um macbook martelando na minha cabeça. Por mais que eu já tenha um iMac, o Macbook me faz falta principalmente em viagens, pra poder editar os vídeos e elaborar posts pra vocês. Então fui guardando um pouco de dinheiro, mas já sabia que comprar no Brasil seria impossível. Mais abaixo vocês verão a comparação e entenderão a razão de...
continue
Compartilhe
No último sábado fui acompanhar a Honey em um salão de beleza, precisava cortar meu cabelo antes de viajar. Logo que cheguei no salão vi um anúncio de depilação para mulheres e homens, e já fiquei empolgado. Primeiro por nunca ter feito depilação com uma profissional, e segundo por estar indo pra duas viagens em breve e provavelmente usarei bastante roupas de banho. Falei com a depiladora,...
continue
Compartilhe
Não tem jeito, pelo menos uma vez por semana que recebo um e-mail perguntando sobre cabelo. Como fazer, o que usar, cabelos crespos, lisos, cacheados, enfim… Realmente as dúvidas são muitas, e pretendo ir liquidando algumas delas com o tempo. O tutorial de hoje é para mostrar que você pode ir no crespo ao liso em poucos minutos, e sem precisar usar nenhuma química nos seus fios....
continue
Compartilhe
mais posts sobre Viagem
Compartilhe

Esse mês resolvi fazer uma série especial de posts falando sobre esse cantinho iluminado e cheio de magia de Manhattan, em Nova Iorque… Sim, estou falando sobre a Broadway. E você, mesmo que nunca tenha pisado em NY antes, certamente sabe sobre o que estou falando, mas caso não saiba, certamente vai terminar essa série de posts com vontade de arrumar as malas e partir pra Big Apple conferir todas as peças em cartaz.

Mas calma, já adianto que os ingressos da Broadway não são tão baratos assim, principalmente para nós brasileiros que temos a nossa moeda tão desvalorizada perto do dólar, mas ainda assim existem algumas dicas e maneiras de conseguir seus ingressos de forma mais barata. Eu mesmo já fui pra NY 3 vezes, e até hoje só assisti um musical da Broadway por lá, acredita?

Já tive oportunidade de assistir alguns outros, porém nas versões montadas aqui no Brasil. E acreditem, são idênticas, afinal todas essas super produções tem uma espécie de padrão de qualidade, então se tem o “selo de aprovação” da Broadway, pode ir assistir sem medo que com certeza será um lindo espetáculo.

O movimento dos musicais começou em NY antes da revolução americana, em meados de 1750. Mas foi a partir da década de 20 que os musicais começaram a ganhar força e a ocupar o que hoje denominam Theater District, que abrange toda a área entre as ruas 40th e 53rd e avenidas 6 a 8. No mapa você consegue ter uma noção maior dessa área, que está destacada em amarelo.

Mas sem dúvidas é na área da Times Square onde fica a maior concentração e movimentação de musicais da Broadway, os neons, cartazes e luminosos chamam muito a atenção do público. Ao todo são mais de 30 espetáculos em cartaz, o que traz anualmente um público de aproximadamente 13 milhões de pessoas e um faturamento médio de U$ 2 bilhões de dólares.

Não é à toa que os musicais mais famosos do mundo estão concentrados ali, e que milhares de atores e atrizes estudam muito anualmente para se preparem para as audições e, quem sabe, ter a oportunidade de fazer parte de algum desses espetáculos. É uma indústria gigantesca, que vai muito além de um simples espetáculo, podendo ser comparada até à indústria cinematográfica. Aliás, alguns talentos das telas começaram na Broadway, à exemplo de Lea Michele de Glee, e Nick Jonas.

Por mais que a Broadway tenha seus clássicos em cartaz há anos, como por exemplo O Fantásma da Ópera (1988), Chicago (1996) e o Rei Leão (1997). Existe sim uma rotatividade, e vira e mexe eles trazem uma novidade. Esse ano por exemplo a montagem musical de Meninas Malvadas, que estréia e Março, promete movimentar os fãs do filme e da Broadway.

Eu confesso que estou ansioso para assistir à versão Broadway de Meninas Malvadas, mas também tenho vários outros musicais na minha listinha de desejo. E nos próximos dias quero falar um pouco mais sobre eles aqui pra vocês! Então fiquem de olho, e já vão anotando as dicas no seu roteiro de viagem à Big Apple.

gostou desse post? compartilhe com os amigos!
facebook
twitter
google plus
  1. Londrina 21/02/2018

    Adoreiiiii Gostei muito de seu Blog, materia bem completa e detalhada…

    Parabens, Vou começar a seguir agora..

    bjs .. 🙂

Esse mês resolvi fazer uma série especial de posts falando sobre esse cantinho iluminado e cheio de magia de Manhattan, em Nova Iorque… Sim, estou falando sobre a Broadway. E você, mesmo que nunca tenha pisado em NY antes, certamente sabe sobre o que estou falando, mas caso não saiba, certamente vai terminar essa série de posts com vontade de arrumar as malas e partir pra Big...
Leia mais
Compartilhe
Esse mês resolvi fazer uma série especial de posts falando sobre esse cantinho iluminado e cheio de magia de Manhattan, em Nova Iorque… Sim, estou falando sobre a Broadway. E você, mesmo que nunca tenha pisado em NY antes, certamente sabe sobre o que estou falando, mas caso não saiba, certamente vai terminar essa série de posts com vontade de arrumar as malas e partir pra Big...
Leia mais
Compartilhe
<