Mais buscados no Google

Se tem duas lojas que eu tenho que fazer parada obrigatória quando estou nos EUA são a H&M e a Bath & Body Works, pois são marcas que eu gosto bastante e que infelizmente não tem aqui no Brasil. A Bath & Body Works é uma loja dedicada à aromaterapia, tem produtos de pele como hidratantes, e também uma linha completa de casa, que é incrível. Mas quem...
continue
Compartilhe
Tenho problemas com o sono desde sempre, não consigo recordar das minhas primeiras crises de insônia. Não adianta, por mais cansado que eu esteja, deito e a cabeça não para de funcionar, e isso dificulta muito que eu pegue no sono. Tenho uma inveja enorme de pessoas que encostam a cabeça em qualquer canto e dormem. Já tentei de tudo, banho relaxante, app de celular com musiquinhas,...
continue
Compartilhe
Desde novembro estava com a idéia de comprar um macbook martelando na minha cabeça. Por mais que eu já tenha um iMac, o Macbook me faz falta principalmente em viagens, pra poder editar os vídeos e elaborar posts pra vocês. Então fui guardando um pouco de dinheiro, mas já sabia que comprar no Brasil seria impossível. Mais abaixo vocês verão a comparação e entenderão a razão de...
continue
Compartilhe
No último sábado fui acompanhar a Honey em um salão de beleza, precisava cortar meu cabelo antes de viajar. Logo que cheguei no salão vi um anúncio de depilação para mulheres e homens, e já fiquei empolgado. Primeiro por nunca ter feito depilação com uma profissional, e segundo por estar indo pra duas viagens em breve e provavelmente usarei bastante roupas de banho. Falei com a depiladora,...
continue
Compartilhe
Não tem jeito, pelo menos uma vez por semana que recebo um e-mail perguntando sobre cabelo. Como fazer, o que usar, cabelos crespos, lisos, cacheados, enfim… Realmente as dúvidas são muitas, e pretendo ir liquidando algumas delas com o tempo. O tutorial de hoje é para mostrar que você pode ir no crespo ao liso em poucos minutos, e sem precisar usar nenhuma química nos seus fios....
continue
Compartilhe
mais posts sobre Viagem
Compartilhe

Eu sempre tive curiosidade de conhecer Angra dos Reis, mas nunca tinha tempo suficiente no Rio de Janeiro para visitar a região. Eu já fui à Búzios algumas vezes, e gosto bastante da cidade inclusive, mas sempre ouvia comparações e minha vontade de conhecer Angra só aumentava.

Até que, voltando do Rock in Rio nós começamos a ver algumas placas indicando Angra como um destino próximo… E acredite, em alguns minutos nós fizemos um retorno e pegamos a serra com destino à Angra dos Reis. No caminho eu fui procurando um hotel, e em pouco mais de uma hora e meia nós estávamos fazendo nosso check in na Pousada Daleste.

Por mais que a nossa viagem tenha sido inesperada e sem planejamento, eu resolvi fazer esse post aqui no blog pra poder dividir algumas dicas e também valores para que vocês possam se programar e visitar esse paraíso chamado Angra dos Reis.

Mas afinal, como chegar em Angra dos Reis?

Como disse pra vocês, o destino praticamente colocou Angra em nosso caminho! Saímos da Barra da Tijuca, e ao todo levamos aproximadamente 2 horas e 20 para chegar na cidade. Prepare-se para uma serra bem puxada onde, principalmente à noite, é necessário dirigir com muita cautela.

Já para ir de São Paulo para Angra de carro, você deve gastar aproximadamente 5 horas e meia de carro para chegar até lá. Mas sim, é possível fazer o trajeto de ônibus.

Os ônibus saem do terminal rodoviário do Tietê e levam aproximadamente 8 horas até a rodoviária de Angra dos Reis. A passagem custa por volta de R$ 110,00.

Se você tiver condições de ir de carro, eu acho que é a melhor opção pois assim você fica menos dependente do transporte público por lá, e sim, o centro da cidade é um pouco afastado dos lugares mais bacanas.

Onde Ficar em Angra dos Reis?

Eu tive a proeza de escolher a pousada mais fofa, completa e deliciosa em 15 minutos no Booking.com , e por isso acho que tenho o dever de dividir tudo aqui com vocês, não é mesmo?

Nós ficamos na Pousada Daleste, que fica no condomínio Biscaia, uns 6 km antes do centro de Angra. E posso falar? Foi a melhor escolha! A pousada era pé na areia, todos os passeios de barco saíam de lá mesmo, e se não fosse o meu fogo de ir conhecer o centro de Angra, não precisaríamos ter tirado o carro da garagem por nada!

A Pousada Daleste é super completa, tem um café da manhã delicioso, acomodações limpas, aconchegantes e bem equipadas com roupas de cama limpinhas, ventilador, ar condicionado, frigobar e wifi! Sim, tinha WIFI! <3 Tá, claro que não era uma super velocidade afinal estávamos em Angra dos Reis né? Mas funcionava bem!

Além disso a Pousada oferece café da manhã completo e delicioso, e tem também opções de cardápio para almoço e janta. Nós jantamos todos os dias por lá, e estava tudo muito gostoso. A Pousada conta também com piscina, sauna e cinema 3D. Ah, e além das refeições tem serviço de bar o dia todo.

Os valores, que eu já bem sei que vocês vão perguntar! Nós pagamos o equivalente a R$125,00 por pessoa a diária com café da manhã incluso. As refeições na Pousada giram em torno dos R$38,00 por pessoa e são bem servidas, bebidas achei um preço um pouco salgado tipo R$ 6,00 uma cerveja… Mas é turístico né? Vamos aceitar e aproveitar.

Ah, eu ganhei um cupom de R$50 de desconto no Booking.com, então quem quiser é só clicar aqui para usar ele! 

O que fazer em Angra dos Reis?

A dica é… Vá navegar! A cidade em si não tem absolutamente NADA de atrativo, o bonito mesmo é sair de barco conhecendo os cantinhos de Angra e Ilha Grande.

Essa foi outra grande vantagem da hospedagem na Pousada Daleste, da praia de frente para a pousada saíam diariamente escunas com roteiros pelas ilhas e praias da região. Nós fizemos o passeio duas vezes na semana, e foram roteiros quase completamente diferentes, tirando a lagoa azul que foi parada obrigatória nos dois.

Os passeios saem da Pousada por volta das 10 da manhã, e tem duração de em média 5 horas. O suficiente para 4 paradas, sendo uma mais longa para o almoço. E aí você deve estar se questionando, mas esses passeios devem ser uma fortuna não? NÃO!

Nós pagamos R$ 60,00 por pessoa para cada dia de passeio. Lembrando que não estamos em uma época considerada alta temporada, então não sei dizer se na alta temporada esse valor aumenta certo?!

Além disso, no barco tem serviço de bar com valores como R$ 6,00 a cerveja e R$ 15,00 a caipirinha, além de água, refrigerantes…. E também as paradas para o almoço.

Funciona assim, umas 2 paradas antes do almoço o pessoal do barco passa o cardápio para você escolher o que vai comer, assim eles já vão agilizando o processo junto com o restaurante parceiro deles na parada do almoço. Você não é obrigado a comer onde eles indicam ok? Mas achei prático e o preço também era bem bom.

Como nenhum de nós é muito fã de peixes e frutos do mar, acabamos comendo frango nos dois dias e os valores ficavam em média de R$ 50 por pessoa com refri.

Ou seja, juntando tudo você vai gastar em média uns R$ 150,00 por um passeio de 5 horas visitando lugares paradisíacos, comendo bem e tomando uma geladinha.

Sem dúvidas esses dias que passamos em Angra foram especiais e inesquecíveis! Vocês podem conferir na íntegra as nossas aventuras no vlog da viagem!

Espero ter ajudado vocês com as dicas, e se tiverem alguma dúvida os comentários estão aqui para isso ok?! Aguardem que semana que vem tem guia de Paraty, nosso segundo destino dessas férias inesperadas!

gostou desse post? compartilhe com os amigos!
facebook
twitter
google plus
Eu sempre tive curiosidade de conhecer Angra dos Reis, mas nunca tinha tempo suficiente no Rio de Janeiro para visitar a região. Eu já fui à Búzios algumas vezes, e gosto bastante da cidade inclusive, mas sempre ouvia comparações e minha vontade de conhecer Angra só aumentava. Até que, voltando do Rock in Rio nós começamos a ver algumas placas indicando Angra como um destino próximo… E...
Leia mais
Compartilhe
Eu sempre tive curiosidade de conhecer Angra dos Reis, mas nunca tinha tempo suficiente no Rio de Janeiro para visitar a região. Eu já fui à Búzios algumas vezes, e gosto bastante da cidade inclusive, mas sempre ouvia comparações e minha vontade de conhecer Angra só aumentava. Até que, voltando do Rock in Rio nós começamos a ver algumas placas indicando Angra como um destino próximo… E...
Leia mais
Compartilhe
<