Categoria: Culinária
 
5 de outubro de 2016

rodiziodehamburgueremsaopaulohamburguerdocebrigadeiro

Já vi rodízio de carnes, japonês, mexicano… Mas de hambúrguer foi a primeira vez! E claro que eu não perderia a chance de dar essa dica pra vocês aqui no blog né? Na sexta-feira passada eu sugeri pro Mah de irmos jantar em alguma hamburgueria, pra conhecer um lugar diferente e, bom, acho que a descoberta da vez foi M-A-R-A!

Saímos de casa na intenção de ir em uma outra hamburgueria, mas a fila de espera estava em 1 hora e meia! Claro que desistimos né minha gente? Fila + espera + fome = definitivamente ninguém merece. Mas como a intenção era comer hambúrguer, tratei de fazer uma busca no google por hamburguerias próximas e tcharam, me aparece a Hamburgueria Artesanal com seu rodízio de hambúrgueres.

Claro que ficamos curiosos, e tenho certeza que você que está lendo este post também ficou não é mesmo? Afinal de contas, como funciona um rodízio de hambúrgueres? O que servem? E exatamente por isso resolvi fazer este post contando um pouco mais sobre essa experiência pra vocês.

Após sentarmos à mesa o garçom nos atendeu e apresentou o conceito do rodízio. O restaurante tem duas opções de rodízio, ambos com 5 tipos de carne e acompanhamentos, o básico (R$ 44,90) vem com batata frita e 1 bebida. O diferencial do rodízio premium (R$ 54,90) é que esta opção inclui hambúrguer de cordeiro e salmão, batata frita com cheddar e bacon, e o hambúrguer DOCE… Não, você não leu errado – HAMBÚRGUER DOCE.

rodiziodehamburgueremsaopaulohamburguerdocebrigadeiro-2

Escolhemos a opção premium, pois ficamos mega curiosos para provar o hambúrguer de cordeiro e, claro, o tal hambúrguer doce.

Primeiro nos foi servido uma porção de fritas e outra de polentas, para que fossemos petiscando enquanto nossos hambúrgueres eram preparados. Neste momento o garçom explicou que os pedidos eram feitos, geralmente de 3 em 3 hambúrgueres com intuito de apreciar-los sempre quentinhos.

rodiziodehamburgueremsaopaulohamburguerdocebrigadeiro-3

Os hambúrgueres são em tamanho reduzido, mas eu não considero mini como diz no cardápio não. E você monta os lanches da forma como preferir. Primeiro escolhe a carne, depois os acompanhamentos como maionese, salada, bacon, ovo… e pode também escolher entre 4 tipos de pães. Minhas escolhas foram as seguintes:

rodiziodehamburgueremsaopaulohamburguerdocebrigadeiro-4

Hambúrguer 1 – Pão preto com hambúrguer de picanha, salada completo (ovo e bacon). 

rodiziodehamburgueremsaopaulohamburguerdocebrigadeiro-5

Hambúrguer 2 – Pão tradicional, hambúrguer de cordeiro com queijo e molho de hortelã. 

rodiziodehamburgueremsaopaulohamburguerdocebrigadeiro-6

Hambúrguer 3 – Pão vermelho com frango, queijo e salada.

rodiziodehamburgueremsaopaulohamburguerdocebrigadeiro-7

Hambúrguer 4 – Pão francês, linguiça toscana, queijo e vinagrete. 

Todos os lanches estavam muito gostosos, mas tenho que destacar o de linguiça (o melhor na minha opinião) e o de cordeiro, que também estava uma delícia.

E pra finalizar, a descoberta do ano… o hambúrguer DOCE! Gente, eu não sei se estou ultrapassado, mas desconhecia a existência dessa maravilha. O lanche vem com hambúrguer de brigadeiro, morangos e leite condensado… Não tenho nem o que dizer sobre isso, real!

rodiziodehamburgueremsaopaulohamburguerdocebrigadeiro-8

Eu adorei o restaurante, achei o ambiente super fofo e os garçons incrivelmente atenciosos. Os lanches estavam uma delícia, bem como os acompanhamentos. Porém devo observar que levando em consideração que, a não ser que você seja uma máquina de comer, e que caiba muita comida dentro desse ser humaninho…Você não vai conseguir comer horrores por lá.  Não é uma opção que valha super a pena.

Claro, acho super válido ir pra conhecer, pra se deliciar com os lanches deliciosos, ir tomar uma breja e passar horas comendo com os amigos. Mas não é um restaurante para incluir na rotina, se é que me entendem.

Adorei a experiência na Hamburgueria Artesanal, e principalmente provando o diferentão do hambúrguer doce. Sem dúvidas valeu todas as calorias.

Serviço:

Rua Guaimbé, 161 – Parque da Mooca, São Paulo – SITE OFICIAL 


Categoria: Culinária
 
27 de agosto de 2015

RestauranteLevinRioSPResenha-2

Outro dia jantei no Le Vin de Ipanema com o pessoal da L’oreal, e quando soube que iríamos estar por perto novamente optei por ir lá pois precisava falar sobre esse restaurante pra vocês, sabe amor, então… Define! Por mais que tenha Le Vin em São Paulo (4 endereços), só fui conhecer o tartare mais incrível da vida na unidade do RJ.

Dessa vez fomos no almoço, mas o cardápio é o mesmo, então foi legal pra fotografar tudo pra vocês e fazer esse post lindo sobre as comidas deliciosas que provamos por lá.

RestauranteLevinRioSPResenha-3

Assim que sentamos à mesa eles servem esse couvert simples, porém delicioso. O pão vem super fresquinho e quentinho, acompanhado de manteiga e esse patê de galinha com especiarias delicioso.

RestauranteLevinRioSPResenha-1

Depois de umas taças de vinho, hora de escolher entrada e prato principal né?! O menu do Le Vin não é muito variado, e confesso que até prefiro assim pois não rola muita dúvida na hora de escolher. Eu acabei pedindo os mesmos pratos que pedi da outra vez, pois queria muito falar sobre eles pra vocês aqui.

RestauranteLevinRioSPResenha-6

A carta de vinhos do Le Vin é algo surreal, nunca tinha visto uma carta tão variada na vida. Eu não manjo nadinha de vinhos, então a escolha ficou por conta da Bruna Capucci da L’oreal, que pediu um vinho branco delicioso. A escolha foi tão certeira que terminamos o almoço com 3 garrafas inteiras, e um gostinho de “tem uma tacinha extra por aí?”.

RestauranteLevinRioSPResenha-4

De entrada eu pedi o prato que me fez querer voltar ao Le Vin, o Steak Tartare com fritas. Eu sei que é um prato polêmico, por ser carne crua com ovo cru, mas você ai que come sushi, sashimi, temaki…. É quase a mesma coisa! Não como peixe, mas por outro lado AMO pratos com carne crua (carpaccio e kibe cru também são <3), então cada um come o que gosta e não faz comentário chato sobre o prato do coleguinha, combinado?

Já provei tartares aqui no Brasil, e fora também (ainda falta provar na frança, me aguardem), mas o tartare do Le Vin é surpreendente, super bem temperado e no ponto exato do mix de todos os sabores. Realmente extraordinário!

RestauranteLevinRioSPResenha-5

De prato principal eu também optei pelo prato que havia pedido da outra vez, arroz de pato assado ao próprio molho com olivas verdes. E como a Kah estava afim de comer esse também, e uma salada, optamos por dividir a salada e o prato.

RestauranteLevinRioSPResenha-7

Para a salada pedimos um mix de folhas verdes (na verdade só alface pois Kah não curtia as outras rs) com queijo de cabra grelhado. Acreditem, até a salada estava impecável, molho delicioso e o queijo então… derretia na boca.

RestauranteLevinRioSPResenha-8

Como podem notar, mesmo tendo pedido para dividir as porções, ainda assim tinha bastante comida. E foi mais que o suficiente pra sairmos felizes e saltitantes!

Mas claro que não poderíamos sair de lá sem provar uns docinhos né?! Pedimos algumas opções para dividir na mesa, assim ninguém come doce demais. Escolhemos rabanada, sopa de morangos e bolo de chocolate quente.

RestauranteLevinRioSPResenha-10

Não sei dizer os valores exatos, mas a média é de R$140,00 por pessoa com bebida. Não é barato, concordo… Mas vale as calorias e o investimento. E não, não é um publi, nem nada do tipo tá?! 😉

 

Pra quem quiser saber os endereços do Le Vin aqui no site oficial tem tudo certinho, inclusive rola delievery aqui em SP… Um perigo!