Categoria: Look do dia
 
30 de janeiro de 2017

Estou em NY? Não… Aliás essas fotos são da minha última visita à Big Apple! Mas acabei não postando por aqui, e encontrei as fotos agora nas férias organizando o HD, e resolvi postar elas aqui pra vocês. Aliás, são 3 looks não postados e que pretendo ir postando aqui pra vocês.

Bom, essas fotos foram feitas em um lugar que gosto muito, o Brooklyn. Acho que já comentei com vocês que tenho vontade de me hospedar nessa região né? O Brooklyn é uma delícia, tem várias lojinhas, pessoas estilosas, barzinhos… É bem diferente da loucura de Manhattan e o melhor, é super pertinho. Já fiz post aqui pra vocês falando um pouco sobre Williamsburg, um pedacinho delícia do Brooklyn.

E prometo que na próxima visita eu atualizo o guia e falo mais sobre o Brooklyn pra vocês, combinado? As fotos desse post foram feitas na região de Dumbo, uma zona de fábricas antigas, vários prédios de tijolinho e a bela vista da Brooklyn Bridge. Ainda não conhecia esse pedaço, e me apaixonei.


\

Camiseta – Urban Outfitters | Jeans – H&M | Sneaker – Shop Jat | Óculos – Niina Secrets Store | Mochila – Prada | Relógio – Casio | Anel – Acervo

Fotos – Gui Benites

Espero que gostem do post, mesmo sendo um pouco atrasadinho! Ahhh que saudade de NY! E antes que perguntem, o piercing era de brincadeira!


Categoria: Viagem
 
20 de janeiro de 2016

Tá programando uma viagem pra NY e tem dúvidas de onde comer na Big Apple? No post de hoje quero dar dica de 5 lugares que eu já fui, ou vou sempre, pra vocês. Se prepare para gordices, e vem comigo!

Já tive oportunidade de estar em NY por 3 vezes, e nessas andanças descobri alguns lugares bem legais para comer por lá. Alguns viraram meus queridinhos, e sempre que vou pra lá eu tenho que ir, outros fui uma única vez mas ainda assim valem a indicação. Fui bem eclético nas minhas escolhas, tem desde marmita de $5 dólares até restaurantes mais caros e que exigem reserva.

Afinal, não importa se o restaurante é chic e caro, ou baratex de rua… O importante é comida boa não é verdade? Então vamos aos meus escolhidos.

artichoke

nyc-food-guy-114

Pra mim não existe a possibilidade de ir para NY e não comer um pedaço (GIGANTE) de pizza de alcachofra do Artichoke Pizza. Não se preocupe, se você não curte alcachofra (você é normal?) eles tem outros sabores. Mas sério, só de falar nessa bendita pizza eu já fico morrendo de vontade. Eles tem 3 unidades na cidade, mas eu sempre vou no do Chelsea.

LV-Banner2

Shake_Shack_burger_and_fries_(14129412503)

Nem pense em ir pra NY e passar batido pelo Shake Shack, por maior que seja a fila… Você tem que provar um, talvez dois, hambúrguer de lá. Eles tem algumas opções, incluindo um com cogumelo no lugar da carne, mas eu vou sempre no tradicional, batata com queijo e… E nada, que só isso já é o suficiente para minha alegria! Eles tem várias unidades espalhadas pela cidade, e uma opção é ir na do upper east side que é mais vazio.

20balthazar1-videoSixteenByNine600

balthazar-london

Eu sempre ouvi falar muito bem do Balthazar, e na minha última vez em NY fomos almoçar lá. O restaurante, especializado na culinária francesa, fica no Soho, então a dica é almoçar por lá e aproveitar para bater perna e fazer umas compras no bairro. Eu fui de steak tartare, e estava muito gostoso. Pra quem já foi no Le vin ou Paris 6, certamente vai notar uma certa semelhança entre eles.

buddakan-nyc

buddakan-restaurante-japones-New-York

Se você curte comidas orientais, certamente vai curtir o Buddakan. Eu não como peixes e frutos do mar, mas ainda assim provei verdadeiras delícias nesse restaurante. Pedimos vários pratos, que são porcões pequenas, e dividimos entre as 4 pessoas da mesa, assim todos puderam provar um pouco de cada prato. O rolinho primavera leva nota 10 com louvor!

2014-11-14-IMG_56781

20121002-halal-taste-test-famous-halal-52nd-platter

E pra finalizar, vamos falar de comida árabe e barata? Muitos podem torcer o nariz para as barraquinhas de rua de NY, mas sério… A quentinha árabe que eles vendem é muito deliciosa! Tem com falafel, com carne desfiada, frango… Já provei algumas opções, inclusive já mostrei uma de $5 dólares nesse vídeo, mas todas eram muito boas. A barraca mais famosa é a Halal Guys, chega a ter fila na frente.

DICA EXTRA – Por mais que eu tenha esses lugares em mente, eu sempre gosto de ter uns dias que saio sem restaurante certo, vou conhecendo e acabo entrando em algum lugar para tomar um drink e jantar. Se você também curte fazer isso, minha dica é que você passeio pelo Hell’s Kitchen, na região da 9 avenida entre as ruas 49 – 52 (mais ou menos isso) tem vários restaurantes bonitinhos, já fui em alguns e gostei bastante. Por sinal, a região deu nome ao reality culinário, então por aí vocês tiram uma idéia do que encontrarão por lá né?! Eu A-M-O!

Confesso que fazer esse post me deixou, faminto, e com muita saudade de NY. Acho que os restaurantes são muito mais que apenas uma boa comida, mas uma espécie de caixinha de lembranças de bons momentos com amigos e pessoas especiais! Espero que gostem das dicas!


Categoria: Viagem
 
13 de novembro de 2015

12030462_944436852284751_6948556357149722673_o

É necessário dizer que eu sou viciado em viagens? Esse ano vocês já me viram em vários lugares bem legais, e como sempre digo, cada viagem é um grande conquista pra mim. Me planejo muito antes de pegar um avião e ir pra algum lugar… Faço minhas economias, pesquiso destinos e, claro, se tiver alguém pra me ajudar com essas funções eu fico muito agradecido.

Quando estava planejando minha ida para New York pela primeira vez, conheci o Citypass, a primeira coisa que me chamou a atenção foi a possibilidade de fazer economia. E olha que o preço do dólar nem estava tão alto na época.

luh-empire-state-ny

Seria a primeira vez que iria para a cidade e ali estavam reunidos praticamente todos os passeios que considerava essenciais fazer com um desconto considerável. No site informavam que era mais de 40%. Como viajava com amigos, esse valor se tornava ainda mais significativo, pois a economia passaria de 300 dólares.

Voucher é Trocado por Tíquetes na Cidade

Recebi o voucher por e-mail, uma vez que eles não oferecem a possibilidade de mandar o carnê com os tíquetes para o Brasil. É uma deficiência do serviço, mas nada que tenha atrapalhado. Tive que fazer a troca pelos talões em um dos postos disponibilizados antes do primeiro passeio. Depois que se usa o primeiro tíquete, todo o talão precisa ser gasto em um prazo de nove dias.

E foi depois disso que descobri que a grande vantagem do Citypass nos passeios por Nova York não é a economia, mas a comodidade.  Não houve uma só atração a que tivéssemos ido em que não houvesse fila. E com os bilhetes já na mão, passamos diretamente por todas, sem ter que ficar esperando.

luh-no-madame-tussauds-NY

Foi um grande ganho de tempo. E quando se está na cidade por poucos dias, acredite, cada segundo faz toda a diferença. Quanto mais você otimizar o seu tempo, mais coisas você consegue conhecer, e ainda sobra um tempo para umas comprinhas, quem não gosta?

O City Pass tem passeios para o Top of the Rock (vista maravilhosa!), Museu Americano de História Natural, Metropolitam Museum of Art, e muitos outros lugares incríveis da cidade. Alguns são obrigatórios do pacote, outros opcionais.

luh-top-of-the-rock-ny-guia

É Possível Mudar a Programação na Hora

Uma escolha é entre o deque de observação do Top of the Rock (minha vista favorita da cidade!) e o Museu Guggenhein. Como já tinha lido vários posts em blogs que citavam o Top como passeio obrigatório, claro que foi a minha opção.

E a última opção era o memorial de 11 de setembro e o museu intrépido do mar, ar & espaço. Eu fui ao memorial, porém não aconselho. Sinceramente acho a energia daquele local super pesada, eu sei que isso é algo bem pessoal, mas optei por dividir com vocês.

Os tíquetes não são específicos, então é possível mudar a programação na hora. Outra comodidade que vale mais do que a economia.