Categoria: Moda
 
17 de dezembro de 2014

estilo_bifasico_1

E ai, pessoal! Como vão vocês? Tem aquelas vezes que não temos ideia do que colocar no corpo, não é? É um saco isso. E principalmente quem procura melhorar sua maneira de se vestir, às vezes bate aquela indecisão ou medo de arriscar.

Pois bem, para os rapazes que querem fazer bem na hora de montar um look, construí um pequeno guia, que na verdade não é composto de regras, mas sim de dicas bem interessantes para abrir um pouco a mente de vocês.

estilo_bifasico_2

Muita gente confunde esse ponto com “ser magro” ou “ser malhado”, como se estilo fizesse parte apenas de um padrão, o que é errado.

O ponto chave é: quando você sabe como é seu corpo e sabe aquilo que te agrada nele, fica muito mais fácil pesquisar peças por ai.

Exemplo: eu tenho ombro largo e gosto bastante desse detalhe, então procuro peças que valorizem essa parte do meu corpo. A dica é você se olhar no espelho e ver como seu corpo é, simples assim.

Com o tempo, você treina seus olhos para as qualidades e não somente pros defeitos. Sua confiança aumenta e você vai perdendo o medo de investir no seu estilo.

estilo_bifasico_3

Na minha humilde opinião, não tem como você ter seu estilo se baseando nos outros. Inspirações sempre iremos ter, e justamente por isso estamos aqui falando sobre moda, mas tem alguns traços de nossa personalidade que são únicos e que podemos imprimir na nossa maneira de nos vestir, sem grandes complicações.

Por isso, seja você!!!

É importante ter confiança na sua maneira de se ver, porque isso faz toda a diferença na forma de apresentação. Moda, antes de algo comercial, é expressão e você tem livre poder sobre ela. Arrisque-se!

estilo_bifasico_4

A moda sempre teve esse poder enorme de ditar regras, mas elas estão por ai para serem quebradas. Exageros (tanto pra mais, quanto pra menos) podem sim fazer parte do look, mas com uma medida chamada equilíbrio.

Ou seja, você pode usar um look super chamativo, mas é melhor que as peças conversem entre si (o que é diferente de combinar).

Assim, o choque visual é menor. Um grande exemplo é usar a mesma estampa na parte superior e inferior da roupa, o famoso conjuntinho. Se as peças tiverem equilíbrio, fica super diferente, divertido e o melhor: faz sua marca com a sua personalidade.

estilo_bifasico_5

Uma grande dúvida que todo mundo tem e que desmotiva muita gente, que na verdade é um enorme mito. Não, você não precisa ser rico pra ter um estilo legal.

Para você ter uma ideia, as grandes tendências atuais são inspiradas em grupos underground, como os grunges e punks, que se vestiam com roupas D.I.Y e de produção própria, brechós e roupas dadas.

É um grande erro achar que o valor de uma construção visual esteja no preço, pois há muita peça de roupa cara por ai que não vale o preço que tem. Lógico que se você pode investir num look um pouco mais “ostentação”, deve. Porém, quem não tem essa facilidade, pode construir seu estilo com o que tem: brechó, lojas de departamento, roupa herdada dos parentes e por ai vai.

Enfim, curtiram rapazes? São pequenas dicas que, com a prática, podem iluminar um pouco a cabeça de vocês. Sei que muitas ai curtem dar uma mudada no visual, mas tem medo de arriscar. O importante é estar bem consigo mesmo, porque quando você é confiante, nada no mundo te abala.


Categoria: Viagem
  Categoria: Vídeos
 
14 de outubro de 2014

highline ny chelsea

O que fazer com uma linha de trem desativada que cruza um pedaço gigante de uma cidade? O High Line foi a solução mais incrível que poderiam ter. O que antes era um trilho de trem, ganhou uma vegetação bem cuidada, bancos e virou um parque suspenso com uma vista incrível de NY.

vista highline

O parque vai da Rua 13 até a Rua 30, é aberto diariamente das 7h às 23h e a entrada é gratuita. Não percorri todo a extensão do parque, mas indico que vocês utilizem o acesso da Rua 14 (ao lado da loja da DVF), que foi por onde subimos.

vista highline nyc lindo

vista highline ny

Aprecie cada passo que você der no High Line, de um lado você tem a visão do rio Hudson, e do outro da Big Apple.

luh highline ny

luh sicchierolli no highline ny

lavandas highline

sapato masculino floral highline american eagle

guia ny highline vista

feirinha highline

guia de ny luh

Descemos pela Rua 16 para irmos ao Chelsea Market, aproveitamos pra almoçar por ali mesmo pois o gordinho aqui viu uma placa de pizza de alcachofra, e como a Nina sempre falava dessa pizza eu fui salivando pra comer.

pizza de alcachofra ny

E depois de provar essa gordice, bora bater perna no Chelsea Market pra queimar as calorias, ou pelo menos tentar.

Chelsea Market

chelsea market ny guia

A história do Chelsea Market é tão interessante quanto à do bairro onde fica, o Meatpacking. Antigamente o Meatpacking era uma região suja e mal cuidada, era conhecida por casas de prostituição e clima pesado. Porém, com o tempo algumas grifes e restaurantes bacanas abriram suas portas por lá e o bairro ganhou uma  nova história.

o Chelsea Market fica hoje onde era antigamente uma fábrica de biscoitos, eles mantiveram toda a estrutura do local, e fizeram um grande mercadão com opções de comida, doces, roupas, acessórios… Enfim, de tudo um pouco.

chelsea market por dentro ny

biscoitos chelsea market

chelsea market tour guia

chelsea market

acessorios chelsea market

o que tem no chelsea market

comidas chelsea market

doces fofos chelsea market

Sinceramente eu me arrependi um pouco de ter comido antes de ir pro Chelsea Market, pois as opções de lá eram incríveis. Pra quem curte frutos do mar, vai amar se deparar com as pessoas andando pra lá e pra cá com lagostas ENORMES, mas tem comida italiana, americana… Enfim, de tudo um pouco.

Captura de Tela 2014-10-04 às 22.20.27

Confira o Vlog desse dia…

Gostei demais dessa região de Manhattan, e aconselho à todos que tirem um dia para conseguir fazer tudo com calma e conhecer cada pedaço do High Line, do Chelsea Market e também do Meatpacking que é um bairro bonito e super charmoso.


Categoria: Viagem
  Categoria: Vídeos
 
7 de outubro de 2014

tomar sol central park

Mas Lúh, guias de NY e não vai falar do Central Park? Claro que eu vou, e cá estou pra contar um pouco pra vocês sobre o dia delicioso que passamos por lá.

Deixamos pra fazer o Central Park no domingo, pois marcamos o encontrinho por lá. Iniciamos nosso passeio no Columbus Circle, na altura da 59 street, e fomos caminhando até o Upper East Side.

Captura de Tela 2014-10-04 às 20.54.19

Sim, andamos bastante, mas fomos papeando e parecia um quarteirão. Como estávamos no final do verão, as árvores ainda estavam verdinhas… ainda quero voltar lá no outono ou inverno pra ver a paisagem.

central park carruagem

Passear de carruagem é um dos passeios mais comuns do Central Park, mas os valores começam em $50 dólares… Então fiquei apenas observando mesmo! hahahaha

central park luh estilo bifasico

central park gramado lotado

É impressionante a quantidade de pessoas que se reúnem nos gramados do Central Park, rola piquenique, aniversário, fitness, bronzeado e gente do mundo todo misturada.

central park oq fazer

central park post guia

guia central park luh

castelo central park

guia ny central park

imagine central park

Este é o Strawberry Fields, um tributo feito por Yoko Ono à John Lennon. Muitas pessoas passam por ali para homenagear o cantor, assassinado ali perto em 1980.

luh e marina central park

luhsicchierolli central park

passeio de bike central park

Pra quem curte observar street style com certeza vai gostar dos variados estilos das pessoas que transitam pelo parque.

ponte gossip girl no central park

Pra fechar o post, a imagem do meu lugar favorito do Central Park. Achei essa ponte tão fofa e me fez me sentir dentro de um filme, ou do seriado Gossip Girl que eu AMO.

Acompanhe o vlog desse dia…

Não há muito o que dizer sobre o Central Park, apenas vá… Tire uma manhã/tarde para desbravar cada pedacinho do parque, tenho certeza que será inesquecível.